terça-feira, 19 de abril de 2011

A SOCIEDADE DE CONSUMO E A ESCOLA

Me pergunto, qual será o papel da escola frente a uma sociedade ocidental extremamente consumista? Como as escolas, principalmente as públicas, poderam lutar ou competir com esse mundo de informações e consumo avassalador? Como trazer crianças e adolescentes para a coletividade? Isso se torna mais dificil ainda, pois o que é transmitidos a eles, principalmente através da mídia, é ser individualista.

As perguntas, muitas delas, no momento parece não ter respostas. Mas com certeza a escola é um importante caminho para a construção não só do conhecimento, mas também da convivência em grupo. Principalmente de formar pessoas mais solidárias, mais conscientes de que somente com a coletividade poderá se construir efetivamente um mundo melhor. Sabemos que cada sociedade sozinha não mudará muita coisa, mas se cada uma fizer uma parte, sentiremos os efeitos das mudanças.

Mas para isso, e necessário também, que os professores tenham essa visão, pois o que ocorre, é que muitos professores se encontram inseridos dentro do sistema consumista e individualista e acaba por transmitir esses valores aos seus alunos. Portanto, a mentalidade do corpo docente também tem que mudar, tem que ser trabalhada, para a partir daí começarmos um trabalho realmente inovador e que não seja só maisum projeto bonito somente no papel, como é na maioria dos casos.

A escola não pode ser apenas um lugar de transmissão de conhecimentos, mas sim de construção de uma nova sociedade que tenha como preocupação essencial o ser e não o ter. A verdadeira revolução não se faz com armas, mas sim com ideias.
Fabrício Colombo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário